1. SKIP_MENU
  2. SKIP_CONTENT
  3. SKIP_FOOTER
  • Stock Car 2014
  • Stock Car 2014
  • Clique aqui e cadastre seu currículo até 20/11
Previous
Next

Campos volta ao pódio e Pizzonia também brilha na rodada dupla

As poles fizeram toda a diferença na rodada dupla da Stock Car neste domingo em Santa Cruz do Sul, que recebeu a nona etapa da temporada. Largando na frente, Thiago Camilo (RCM) e Rafa Matos (Hot Car) dividiram as vitórias diante de grande público que lotou as arquibancadas do autódromo da cidade gaúcha. Enquanto os líderes do campeonato viveram um domingo para ser esquecido e que permitiu que a classificação ficasse embolada, o dia foi de festa também para Júlio Campos e Antonio Pizzonia. Campos subiu ao pódio pela terceira vez em 2014 na segunda bateria, graças a um brilhante segundo lugar, e Pizzonia também se recuperou dos maus resultados há duas semanas no Velopark com um sétimo e um quarto. Átila Abreu (AMG) manteve a ponta da tabela, mas agora pela vantagem mínima de meio ponto sobre Rubens Barrichello (Full Time).

O programa foi marcado também pelo excesso de acidentes, todos sem gravidade para os pilotos, mas que provocaram diversas entradas dos carros de segurança e influenciaram a estratégia de reabastecimento e troca de pneus das equipes. Na primeira bateria, Camilo nunca foi ameaçado pelos perseguidores, nem mesmo após as paradas nos boxes. Na segunda, Matos foi beneficiado pela presença do safety car em duas oportunidades. Com a duração mais curta de apenas 20 minutos, metade da prova de abertura da programação, a neutralização da corrida beneficiou a Matos, que pôde conter o ritmo mais forte de Campos, terceiro no grid e que deixou Max Wilson (RC) logo depois da largada.

Campos reagiu bem a um fim de semana que começou complicado. O carro não reagiu às mudanças de acerto durante os treinos, mas as alterações introduzidas depois da sessão classificatória que o deixou apenas em 21º no grid da abertura do programa funcionaram a contento. "Tenho de agradecer ao trabalho da equipe, que se esforçou para corrigir o que estava errado", disse o paranaense, que cruzou a linha de chegada em 8º, logo atrás do companheiro. Com a tática adequada para as duas corridas, Campos lamentou os dois safety cars na segunda. "Era apenas largar e correr para o abraço. Mas o importante é que voltamos para o campeonato", comemorou, depois de elogiar a postura de Matos na batalha das voltas finais em que os dois receberam a bandeirada separados por apenas dois décimos de segundo.

Pizzonia foi outro grande nome em Santa Cruz, palco de sua vitória em abril. "Foi um dia muito bom, no qual somamos muitos pontos para a equipe e continuamos na briga pelo título de pilotos. Fiz uma estratégia conservadoras, pensando nas duas provas, mas tudo ficou difícil antes da largada da segunda porque meu alternador quebrou e fiquei sem usar a direção hidráulica para não correr o risco de parar sem carga na bateria". Pizzonia subiu da 10ª para a 8ª colocação.

O campeonato de equipes está sendo comandado pela Full Time com 254 pontos, seguida por Red Bull (249) e Prati-Mico's Racing (242). Depois de recesso de um mês, o calendário será retomado dia 2 de novembro em Tarumã, terceiro circuito seguido do Rio Grande do Sul.

Toledo recebe segunda edição do Prati-Donaduzzi Tennis Open

A Prati-Donaduzzi, maior fabricante de medicamentos genéricos do Brasil, promove a segunda edição do torneio Prati-Donaduzzi Tennis Open, que acontece de 15 a 19 e de 22 a 26 de outubro, no Yara Country Club de Toledo. Nesta edição, o valor do prêmio subiu para R$ 3 mil, um atrativo para tenistas profissionais.
As inscrições para jogar no primeiro período (15 a 19) vão até o dia 12 de outubro. Para aqueles que pretendem jogar no segundo momento (22 a 26) o prazo é o dia 19 de outubro, mas a etapa é voltada somente aos tenistas da 1ª classe. Os participantes podem realizar as inscrições pelo telefone (45) 9905-1189 ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A entrada é gratuita.
Na categoria Masculina competem tenistas na 1ª, 2ª, 3ª, 4ª classes e acima de 45 anos, na categoria Feminina participam atletas da 1ª classe. As classes são separadas de acordo com o "nível de jogo" de cada tenista.
 “O torneio foi bem recebido pelo público de Toledo, pelos tenistas profissionais e amadores na primeira edição. Para esse ano, aumentamos a premiação, com expectativa de atrair um número maior de participantes, promover o esporte, tradicional na cidade, além de fomentar o turismo local e a importância da prática esportiva”, diz Gilson Provin, gerente de Marketing da Prati-Donaduzzi.
A primeira edição, que aconteceu em 2013, reuniu 135 tenistas, com participação do paranaense Marlon Oliveira, ranqueado pela Associação de Tenistas Profissionais - ATP, além de Lucas Melgarejo, destaque no MS e Guilherme Zago, atleta de Toledo que tem ganhado as quadras da cidade. Esse ano, a expectativa é de atrair 200 participantes.

Prati-Donaduzzi inicia atividades do Programa Recomeçar voltado às detentas

A Prati-Donaduzzi, em parceria com o Conselho da Comunidade, iniciou neste mês as atividades do Programa Recomeçar, desenvolvido com as detentas da 20ª Subdivisão Policial (SDP) de Toledo. O projeto é realizado por meio do setor de Responsabilidade Social da indústria farmacêutica e tem como objetivo proporcionar atividades que possibilitem o aprendizado e a reflexão para uma futura reinserção das detentas na vida social e no mercado de trabalho.
Os encontros acontecem sempre nas quartas-feiras, das 14h às 17h, na 20ª SDP. Na oportunidade, as detentas participam de oficinas de artesanato e de palestras que abordam diferentes temáticas como motivação, autoestima, relacionamento interpessoal e, ainda, recebem orientações sobre prevenção de doenças, como do câncer de colo uterino e de mama, além de DST’s e Aids.
Segundo a responsável pela área de Responsabilidade Social da Prati-Donaduzzi, Maria Rita Pozzebon, o programa visa despertar as detentas para a profissionalização e prepará-las para a reinserção na sociedade. “Por isso, trabalhamos com vários conteúdos nas palestras e oficinas para que elas passem a pensar e agir de maneira diferente e tenham oportunidade de se desenvolver como pessoas”, destaca.
O Programa Recomeçar é desenvolvido desde 2010 e conta com a parceria da 20ª SDP, Fórum de Toledo e Conselho da Comunidade.